sexta-feira, 28 de dezembro de 2018

16 MUMIA - Imprensa

Fonte: Jornal Pampulha, 1 a 7 de Dezembro de 2018 https://www.otempo.com.br/pampulha/mumia-chega-%C3%A0-16%C2%AA-edi%C3%A7%C3%A3o-1.2074861

terça-feira, 27 de novembro de 2018

16 MUMIA 2018 - PROGRAMAÇÃO


CINE HUMBERTO MAURO

03/12/18
19:00h – Filme de abertura: CIDADE DOS PIRATAS de Otto Guerra

04/12/18
17:00h - Nacional 1
18:00h - Nacional 2
19:30h - Nacional 3
20:30h - Nacional 4
21:30h - Nacional 5

05/12/18
15:30h - Nacional 6
17:00h - Nacional 7
18:00h - Mineira 1 (seguida de bate papo com os realizadores)
19:00h - Mineira 2 (seguida de bate papo com os realizadores)
20:00h - Mineira 3 (seguida de bate papo com os realizadores)

06/12/17
17:00h – Sessão Especial – Yellow submarine (1972) | 80’
19:30hAs Aventuras de Fujiwara Manchester, de Alê Camargo (SP 2018) | 117’
21:00hTurbulences, de Daniel Kamwa (França 2016 ) | 113’

 

 

SESC PALLADIUM

04/12/18
17:00h - Internacional 1
18:30h - Internacional 2
20:00h - Internacional 3

05/12/18
17:00h - Internacional 4
18:30h - Internacional 5
20:00h - Internacional 6

06/12/18
17:00h - Internacional 7
18:30h - Internacional 8
20:00h - Internacional 9

07/12/18
17:00h - Internacional 10
18:30h - Internacional 11
20:00h - Internacional 12

08/12/18
16:00h - Tito e os Pássaros de Gustavo Steinberg, Andre Catoto e Gabriel Bittar | 73’
18:00h - Internacional 13
20:00h - Lançamento de livros (clique aqui e confira)

09/12/18
15:00h - Infantil 1
16:00h - Master Class: Tito e os Pássaros com Gabriel Bitar 
18:30h - Nacional 1
20:00h - Nacional 2

11/12/18
17:00h - Nacional 3
18:30h - Nacional 4
20:00h - Turbulences de Daniel Kamwa (França 2016 ) | 113’

12/12/18
17:00h - Nacional 5
18:30h - Nacional 6
20:00h - Minga et La Cuillère Cassee, de Claye Edou (2017) | 80’

13/12/18
17:00h - Nacional 7
18:30h - Mostra Especial ESPM
     Fôlego, de Jane Choi, Juliana Alves, Gustavo Tsujino, Mariana Oliveira e Yumi da Cruz (2018/1) | 02’28’’
     Glitch, de Izaac Ogata, Bernardo Brasil, Caio Keneucke e Gustavo Virgilio (2017/1) | 4’08’’
     Dalia, de Catarina PIgnato, Mona Sung, Nathalia Uchyama, Stephanie Shu e Vitoria Bezerra (2015/1) | 02’19’’
     Só, de Carlos Hakim, Gabriela Osilio, Pedro Casagrande, Julia Krauss Stabel e Vitor Tourais (2016/1) | 03’21’’
     Noite de Halloween, de André Tamiazzo, Bruna Buarque, Camile Gimenez, Michele D’Andrea e Leticia Motoll (2014/1) | 02’45’’
     Güle, de Lucas Cobucci, Thaiane Gomes, Cynthia Rosa e Jeff Avelino (2017/1) | 3’31’’
     Histórias de bar, de Amanda Albaricci, Beatriz Mendes, Isabela Lemos, Jade Longo e Rafaela Moura (2017/1) | 02’42’’
     Lapse, de Amanda Santana, Giovanna Cia , Kelly Seo, Leticia Monterio, Monika Morimoto e Victoria de Lucca (2016/2) | 02’31’’
     Visita, de Ana Carolina Lisboa, Bruna Matias, Bruno Honma, João Mendes e Victor Tobita (2016/2) | 03’15’’
     Pirilampo, de Gabriela Pessoa, Giovanna Veronezi, Manuela Halluli, Maria Eduardo de Luca e Rafaella di Bella (2016/1) | 02’56’’
20:00h – Documentário Animado 

14/12/18
17:00h - Master Class: Ronaldo Zenobio - NINO: Viagem ao Conhecimento
18:30h - Mineira 1
20:00h - Mineira 2

15/12/18
16:00h - Infanto Juvenil 1
     Heads Together, de Job, Joris & Marieke (Holanda, 2017) | 20'54''
     Boulle, de Elizaveta e Polina Manokhina (Rússia, 2016) | 03'33''
     La Tierra en mis manos - Sin Agua, de Nicolas Conte (Argentina, 2016) | 04'22''
     A Story from Space, de Joseph Childs e Iro Tsavala (Reino Unido, 2017) | 05'33''
     Red Apple, de Ana Horvat (Croácia, 2018) | 08'
     Misho and Robin: Camping, de Vjekoslav Živković e Denis Valentić (Croácia, 2016) | 05'15''
17:00h - As Aventuras de Fujiwara Manchester, de Alê Camargo (SP 2018) | 117´
19:00h - Mineira 3

16/12/18
16:00h - Infanto Juvenil 2
     The Magic Button, de Miroslava Arnaudova (Bulgária, 2016) | 23'37''
     Rising Waters In Underwood Springs!, de Mathieu Auvray (França, 2017) | 26'31''
17:00h - Historietas assombradas o filme, de Victor Hugo Borges (2017) | 98´

 

 

MIS Santa Tereza

18/12/18
17:00h - Curtas escolhidos 1
Here Comes the plane, de Nicolás Sole Allignani (Argentina, 2017) | 3'46''
Strange Case, de Zbigniew Czapla (Polônia, 2017) | 13'30”
Areka, de Atxur Animazio Taldea (Espanha, 2017) | 7'19''
Corner, de Lucija Mrzljak (República Tcheca) | 2'
 What A Peaceful Day, de Eden Chan (Taiwan, 2016) | 4'45''
Torre, de Nádia Mangolini (Brasil, 2017) | 18’
Koyaa - Freezing Scarf, de Kolja Saksida (Eslovênia, 2016) | 2'45''

Penelope, de Heta Jäälinoja (Estônia, 2016) | 4'


21/12/18
17:00h Minga et La Cuillère Cassee, de Claye Edou (2017) | 80’

22/12/18
17:00h - As Aventuras de Fujiwara Manchester, de Alê Camargo (SP 2018) | 117’
19:00h - Curtas escolhidos 2
Extraterrestre, de Victoria Karmín (México, 2015) | 15´
Kutxa Beltza, de Izibene Onederra e Isabel Herguera (Espanha, Itália e Índia, 2017) | 6'46''
Happy End, de Jan Saska (Republica Tcheca, 2015) | 5'42''
Jungle Taxi, de Hakhyun KIM (Japão, 2016) | 7'44''
The Cloud and the Whale, de Alyona Tomilova (Rússia, 2016) | 3'31''
Guaxuma, de Nara Normande (PE, 2018) | 14’15’’

Surprise, de Tariq Rimawi (Jordânia, 2017) | 5'15''

23/12/18
17:00h - Tito e os Pássaros, de Gustavo Steinberg, Andre Catoto e Gabriel Bittar | 73’
19:00h - curtas escolhidos 3
   Light Sight, de Seyed M. Tabatabaei (Irã, 2016) | 7'34''
Aeon, de Ryotaro Miyajima (Japão, 2017) | 3'48''
Tailor, de Calí dos Anjos (RJ, 2017) | 10’
Mercurio, de Michele Bernardi (Itália, 2018) | 10' 
Foreign Body, de Marta Magnuska (Polônia, 2016) | 7'
Hooked, de Lucil Lepeuple, Margot Cardinael, Zoé Caudron, Benjamin Bouchard, Camille Gras, Marine Boudry (França, 2017) | 8'
Farewell, de Leon Vidmar (Eslovênia, 2015) | 6' 

 

 

Instituto Undió

07 /12/18
10:00h - no ambulatório São Vicente / Arte na Espera

10/12/18
14:00h - sede do Undió

14/12/18
14:00h - no Ambulatório Orestes Diniz/ Arte na Espera

Infantil – 31’
Koyaa - Naughty Toy Car, de Kolja Saksida (Eslovênia, 2016) | 02'45''
Surprise, de Tariq Rimawi (Jordânia, 2017) | 05'15''
Leave a print, de Christina S. Nerland (Reino Unido, 2016) | 05'14''
Koyaa - Freezing Scarf, de Kolja Saksida (Eslovênia, 2016) | 02'45''
What A Peaceful Day, de Eden Chan (Taiwan, 2016) | 04'45''
Miriami kana unistus, de Andres Tenusaar (Estônia, 2016) | 05'
Koyaa - Wild Sunbed, de Kolja Saksida (Eslovênia, 2016) | 02'45''
The Cloud and the Whale, de Alyona Tomilova (Rússia, 2016) | 03'31''
Snowsaurus, de Anna Kuzina (Rússia, 2018) | 01'39''

 

 

Biblioteca Publica Estadual de Minas Gerais

Dias 03, 04, 07, 10, 11, 12, 13 e 14 de dezembro.
09:30h e 14:30h - Curtas Escolhidos

 

 

Cineclube Joaquim Pedro de Andrade

10, 11 e 12 de dezembro 
Curtas Escolhidos

Curtas Escolhidos 1
Here Comes the plane, de Nicolás Sole Allignani (Argentina, 2017) | 03'46''
Strange Case, de Zbigniew Czapla (Polônia, 2017) | 13'30”
Areka, de Atxur Animazio Taldea (Espanha, 2017) | 07'19''
Corner, de Lucija Mrzljak (República Tcheca) | 02'
What A Peaceful Day, de Eden Chan (Taiwan, 2016) | 04'45''
Torre, de Nádia Mangolini (Brasil, 2017) | 18’
Koyaa - Freezing Scarf, de Kolja Saksida (Eslovênia, 2016) | 02'45''
Penelope, de Heta Jäälinoja (Estônia, 2016) | 04'

Curtas Escolhidos 2
Extraterrestre, de Victoria Karmín (México, 2015) | 15´
Kutxa Beltza, de Izibene Onederra e Isabel Herguera (Espanha, Itália e Índia, 2017) | 06'46''
Happy End, de Jan Saska (Republica Tcheca, 2015) | 05'42''
Jungle Taxi, de Hakhyun KIM (Japão, 2016) | 07'44''
The Cloud and the Whale, de Alyona Tomilova (Rússia, 2016) | 03'31''
Guaxuma, de Nara Normande (PE, 2018) | 14’15’’
Surprise, de Tariq Rimawi (Jordânia, 2017) | 05'15''

Curtas Escolhidos 3
Light Sight, de Seyed M. Tabatabaei (Irã, 2016) | 07'34''
Aeon, de Ryotaro Miyajima (Japão, 2017) | 03'48''
Tailor, de Calí dos Anjos (RJ, 2017) | 10’
Surprise, de Tariq Rimawi (Jordânia, 2017) | 05'15''
Mercurio, de Michele Bernardi (Itália, 2018) | 10' 
Foreign Body, de Marta Magnuska (Polônia, 2016) | 07'
Hooked, de Lucil Lepeuple, Margot Cardinael, Zoé Caudron, Benjamin Bouchard, Camille Gras, Marine Boudry (França, 2017) | 08'
Farewell, de Leon Vidmar (Eslovênia, 2015) | 06'  

 

 

PUC São Gabriel

Auditório Bloco I

17/12/18 
18:00h - Curtas Escolhidos 

 

 

C.A.S.A

07/12/18
Curtas Escolhidos

 

 

Viaduto das Artes 

04/12/18
09:00h - Infantil 1
10:00h – Infanto Juvenil 1

05/12/18
09:00h - Mostra Infantil 1 (LIVRE)
10:00h - Mostra Infantil Juvenil 1 (LIVRE)

06/12/18
14:00h - As Aventuras de Fujiwara Manchester de Alê Camargo (SP 2018) | 117’ (LIVRE)


 

 

Espaço do Conhecimento UFMG 

(as exibições nesse espaço foram reprogramadas para janeiro)

Fachada Digital – Curtas Escolhidos

Dia 13/12/18
19:30h - Curtas Escolhidos 1
20:30h - Curtas Escolhidos 4

Dia 14/12/18
19:30h - Curtas Escolhidos  2 
20:30h - Curtas Escolhidos  5

Dia 15/12/18
19:30h - Curtas escolhidos 3 
20:30h - Curtas escolhidos 4

Dia 16/12/18
19:30h - Curtas escolhidos 1 
20:30h - Curtas escolhidos 2

Dia 20/12/18
19:30h - Curtas escolhidos 3
20:30h - Curtas escolhidos 5

Dia 21/12/18
19:30h - Curtas escolhidos 1
20:30h - Curtas escolhidos 4

Dia 22/12/18
19:30h - Curtas escolhidos 5
20:30h - Curtas escolhidos 2

Dia 23/12/18
19:30h - Curtas escolhidos 4   
20:30h - Curtas escolhidos 3

Curtas Escolhidos 1 - 25’
Mar Salgadinho, de Caroline Veirano (Belo Horizonte, 2017) | 02’46’’
Big Booom, de Marat Narimanov (Rússia 2016) | 04'12''
Here Comes the plane, de Nicolás Sole Allignani (Argentina, 2017) | 03'46''
The Cloud and the Whale, de Alyona Tomilova (Rússia 2016) | 03'31''
O Olho do Sapo, de Cybelle Mendes (Belo Horizonte, 2018) | 11’38’’

Curtas Escolhidos 2 - 30’
Contrastes - Impressões de Israel, de Jackson Abacatu (Belo Horizonte, 2018) | 10’
Kutxa, de Beltza Izibene Onederra e Isabel Herguera (Espanha, Itália e Índia 2017) | 06'46''
Overrun Pierre Ropars, de Antonin Derory, Diane Thirault, Jérémie Cottard, Matthieu Druaud, e Adrien Zumbihl (França 2017) | 07'45''
Zdarzenie Plastyczne, de Tymon Albrzykowski (Polônia 2016) | 05'11''

Curtas Escolhidos 3 - 26’
C(R)U2, de Jessica Hissa (Nova Lima, 2017) | 01’05’’
Aeon, de Ryotaro Miyajima (Japão 2017) | 03'48''
Corner, de Lucija Mrzljak (Rep. Tcheca 2016) | 02'06''
Extraterrestre, de Victoria Karmín (México 2015) | 15'
Bloom, de Margaret To (Estados Unidos, 2016) | 03'34''

Curtas Escolhidos 4 - 29’
Mempsicose, de  Italo Rocha e Marcelo Zuza (AC, 2017) | 02’28’’
A Love Story, de Anushka Kishani Naanayakkara (Reino Unido, 2016) | 07'
The Boy who wanted to be a Lion, de Alois Di Leo (ING/SP, 2010) | 10’
Foreign Body, Magnuska (Polônia 2016) | 07'
8 Patas, de Fabrício Eduardo Rabachim (SP, 2017) | 02’25’’

Curtas Escolhidos  5 - 25’
Fazenda Rosa, de Chia Beloto (PE, 2017) | 08’25’’
Almas, de Marcos Faria (SP, 2018) | 03’35’’
KLde William Henne e Yann Bonnin (Bélgica 2017) | 03'47''
Camouflage, de Imge Özbilge (Bélgica 2016) | 05'31''
MVPde Artur Marcol (Polônia 2018) | 03'50'' 

 

 

ESPAÇO COMUM LUIZ ESTRELA

15/12/18
20:00h - Curtas Escolhidos 

 

 


Classificação indicativa:
Minera, Nacional e Internacional, Longas Francêses, Documentário Animado e A Cidade dos Piratas– 16 anos
Infantil, Infanto Juvenil, As Aventuras de Fujiwara Manchester, Tito e os pássaros, Historietas Assombradas, o filme - LIVRE

quarta-feira, 21 de novembro de 2018

OFICINAS 16 MUMIA - INSCRIÇÕES ABERTAS - GRATUÍTAS

OFICINA DE ANIMAÇÃO COM OBJETOS CARIMBÁVEIS

No senso comum a técnica da animação está quase sempre atrelada a algum tipo de virtuosismo, como se para animar a pessoa tivesse obrigatoriamente que desenhar muito bem, ou saber modelar perfeitamente, dominar de forma brilhante o movimento humano, dos animais, etc. Isso, minha gente, é mentira. A única coisa que de fato é necessária é ela: a paciência. No mais, um garfo, uma moeda ou a tampa da garrafa d'água carimbadas podem virar uma animação bem legal.

De 04 a 06 de dezembro de 2018 de 14 as 17h
Pré –requisito:
Publico: desenhistas, grafiteiros e animadores
15 vagas

Professora: Erica Maradona é artista visual e sócia da Otto Desenhos Animados, onde atua nas áreas de direção de arte, roteiro e produção. Responsável, junto com Adão Iturrusgarai,  pela adaptação dos quadrinhos “Rocky e Hudson: Os Caubóis Gays” para série de TV e pelo roteiro de “Subsolo”, curta-metragem em produção selecionado em primeiro lugar no edital BNDES Cinema 2016. Sua exposição “Lá Fora” participou da 19ª Mostra Sesc Cariri de Culturas em 2017. No mesmo ano, foi convidada para a expo “The Showcase” em São Paulo, composta por artistas vinculados ao skate e foi escolhida para participar da “The Showcase Global”, que aconteceu na sede da Revista Juxtapoz dentro do Art Basel em Miami.



OFICINA DE ANIMAÇÃO NA PAREDE

A oficina de animação sobre superfície é uma técnica em stop motion sobre uma parede vertical, feita de forma rápida, livre e expressiva. Consiste desenhar em sequencias sobre um plano. Os desenhos são criados, fotografados sem necessidade de transparência. Essa técnica desenvolve a noção de movimento no espaço de de maneira intuitiva e rápida. O resultado é de uma plástica orgânica e bela. Além disso desmitifica a complexidade da animação através da simplicidade utilizando materiais comuns. Um bom exemplo é o trabalho MUTO desenvolvido por Blu.

De 04 a 08 de dezembro de 2018 de 14 as 17h
Pré –requisito: desenhar
Publico: desenhistas, grafiteiros e animadores
15 vagas

Professora: Adriane Puresa - Graduada em Gravura e Cinema de Animação pela Escola de Belas Artes/UFMG Mestre em Artes Visuais/Cinema pela mesma instituição. Participou do Núcleo de cinema de Animação em MG. Animadora, designer e ilustradora. Produziu as animações: Big Bang (1989); A Mosca (1992); RuídoRuína (2001); Múltiplos (2004). Realizou o videoclipe para a música TUDO (2005) do Pato Fu e trechos para a música Blue Blood (2010), de Fuzile. Atualmente é também tatuadora

OFICINA DE SOMBRA CHINESA

Resumo: Sombra chinesa, ou apenas sombra, é a técnica de animação mais antiga que temos notícias. Remonta aos tempos das cavernas e podemos dizer que persiste até hoje com o mesmo ritual. Projetar a sombra do próprio corpo na parede causa o mesmo fascínio que causava à época das cavernas. Quer dizer, está técnica nunca mudou sua filosofia, mas a ela foram se agregando, no decorrer da evolução do homem, equipamentos que permitiram aquisição de linguagem própria e até sofisticação, iniciada com os trabalhos de Lotte Reininger, no século passado. Este tipo de oficina permite esta reflexão. juntamente com o domínio da técnica.

Data 04 a 06 de dezembro de 14 as 17h
pre requisito / publico: aberto a partir de 10 anos de idade.
Vagas: 15

Professor: Wilson Lazaretti (SP) – Dedica a animação desde os 21 anos de idade. Como todo, tinha apenas uma vaga ideia sobre animação e não conhecia o mundo da animação independente que pratico. Na verdade, sou auto didata no assunto e o Núcleo de Cinema de Animação de Campinas, entidade que fundei em 1975, é ali ainda que trabalho minha experiência, aprendizado e ensinamento. Estive em todo o país e alguns lugares no exterior vivendo esta experiência. Realize uns trinta curtas metragens, um longa HISTÓRIA ANTES DE UMA HISTÓRIA, e agora estou em produção do meu segundo longa HISTÓRIA DURANTE UMA HISTÓRIA.



OFICINA DE ROTOSCOPIA

Excelente para iniciantes e também para desafiar as convenções da animação tradicional, a técnica de rostoscopia consiste em criar animações a partir de uma base fílmica pré-existente. A proposta da oficina é, a partir de filmagens prévias realizadas pelos alunos, realizar experimentações em diversos estilos, suportes e materiais

Data 07 a 09 de dezembro de 09 as 12h
pre requisito / publico: aberto a partir de 10 anos de idade.
Vagas: 15

Professor: Marcos Buccini é Mestre em Design e Doutor em Comunicação pela UFPE, onde também é professor e coordenador do laboratório de animação Maquinário. Pesquisador na área de teoria e história da animação, com diversos artigos publicados e também o livro História do Cinema de Animação em Pernambuco. Atua também como realizador, dirigiu 9 produções em animação digital, ganhando cerca de cinquenta prêmios.



Para se inscrever enviar nome completo, RG ou CPF para mumiabh16@gmail.com
com o nome da oficina no assunto ate 30 de novembro

As oficinas aconteceram no Sesc Palladium

terça-feira, 6 de novembro de 2018

16 MUMIA PROGRAMAS




LONGAS

  1. Turbulences, de Daniel Kamwa (França, 2016) | 113’
  2. Minga et la Cuillère Cassee Edou, de Claye (França, 2017) | 80’
  3. A Cidade dos Piratas, de Otto Guerra (Brasil, 2018) | 83’
  4. As Aventuras de Fujiwara Manchester, de Alê Camargo (Brasil, 2018) | 117’
  5. Tito e os pássaros, de Gabriel Bitar, Gustavo Steinberg e André Catoto! (Brasil, 2018) | 73’
  6. Historietas assombradas - O Filme, de Victor Hugo Borges (Brasil, 2017) | 90’



INTERNACIONAL 01 | 60’

  1. About our astronauts, de Galina Golubeva (Rússia, 2018) | 7'
  2. Overrun, de Pierre Ropars, Antonin Derory, Diane Thirault, Jérémie Cottard, Matthieu Druaud, de Adrien Zumbihl (França, 2017) | 7'45''
  3. Camouflage, de Imge Özbilge (Bélgica, 2016) | 5'31''
  4. Emmanuel Willis road to Glory, de Gustavo Baía (Portugal, 2018) | 1'21''
  5. Panda, de SHEN Jie (China, 2016) | 3'30''
  6. The Death, Dad & Son, de Denis Walgenwitz & Winshluss - (França, 2017) | 13'
  7. Here Comes the plane, de Nicolás Sole Allignani (Argentina, 2017) | 3'46''
  8. Bloom, de Margaret To (Estados Unidos, 2016) |3'34''
  9. Strange Case, de Zbigniew Czapla (Polônia, 2017) | 13'30”



INTERNACIONAL 2  | 61’

  1. Tough, de Jennifer Zheng (Irlanda, 2016) | 5'
  2. Tete a Tete, de Natasha Tonkin (Reino Unido, 2017) | 7'48''
  3. Before the end of a world, de Bhopal (França, 2018) | 5'23''
  4. A Love Story, de Anushka Kishani Naanayakkara (Reino Unido, 2016) | 7'
  5. What A Peaceful Day, de Eden Chan (Taiwan, 2016) | 4'45''
  6. Areka, de Atxur Animazio Taldea (Espanha, 2017) | 7'19''
  7. Forever, de Zhongsu (China, 2015) | 7'16''
  8. Somewhere, de Mélody Boulissirère (França, 2016) | 6'
  9. Corner, de Lucija Mrzljak (República Tcheca) | 2'
  10. Delirium Danzanti, de Heidi Valda Lanza (Bolívia/Espanha, 2018) | 4'37''
  11. Casino, de Steven Woloshen (Canadá, 2016) | 4´



INTERNACIONAL 03  | 60’

  1. Pixied, de Agostina Ravazzola e Gabriela Sorroza (Argentina, 2017) | 8'24''
  2. La Mora y El Cocuyo, de Isaias Perez e Venezuela Febrero (Venezuela, 2017) | 10'
  3. Tasty Trip, de Tom Girardot e Geoffroy Renard – 9´15” – França - 2017
  4. Contact, de Alessandro Novelli (Espanha, 2017) | 7'52''
  5. Gamer Girl, de Irena Jukić Pranjić (Croácia, 2016) | 9'26''
  6. It's a Date, de Zachary Zezima (Estados Unidos, 2016) | 7'12''
  7. The Big Adventure of a Lttle Line, de Antoine Robert (França, 2016) | 7'27''



INTERNACIONAL 04  | 64’

  1. Biurko dziadka Stanislawa, de Daria Kopiec (Polônia, 2017) | 2'13''
  2. A Story from Space, de Joseph Childs e Iro Tsavala (Reino Unido, 2017) | 5'33''
  3. O Círculo, de Terje Henk (Portugal, 2018) | 2'40''
  4. Heads Together, de Job, Joris & Marieke (Holanda, 2017) | 20'54''
  5. Misho and Robin: Camping, de Vjekoslav Živković e Denis Valentić (Croácia, 2016) | 5'15''
  6. Riot, de FRANK TERNIER (França, 2017) | 13'26''
  7. GP-to, de Maxime Gental, Zoé Pelegrin-Bomel, Edwin Leeds, Pulkita Mathur, Jonathan Valette, Catherine Lardé (França, 2017) | 7'29''
  8. RobHot, de Donato SANSONE (Itália, 2017) | 6'



INTERNACIONAL 05  | 62’

  1. 9 Ways to Draw a Person, de Sasha Svirsky (Rússia, 2016) | 6'29''
  2. Koyaa - Freezing Scarf, de Kolja Saksida (Eslovênia, 2016) | 2'45''
  3. Ys, de François Letty, Léa Arachtingi, Simon Goeneutte-Lefevre, Marion Patin, Yves-Guillaume Pecquet, Jeremy Violier (França, 2017) | 7'35''
  4. Inner Light, de Andrey Katsuba (Russia, 2016) | 6'40''
  5. Temptation, de Camille Canonne, Laura Bouillet, Michael Hoft, Catherine Le Quang, Pauline Raffin, Martin Villert (França, 2017) | 5'
  6. Analysis Paralysis, de Anete Melece (Suíça, 2016) | 9'
  7. Miriami kana unistus, de Andres Tenusaar (Estônia, 2016) | 5'
  8. Penelope, de Heta Jäälinoja (Estônia, 2016) | 4'
  9. Extraterrestre, de Victoria Karmín (México, 2015) | 15´



INTERNACIONAL 06  | 60’

  1. Radio Dolores, de Katariina Lillqvist (Finlândia, 2016) | 18'
  2. Leave a print, de Christina S. Nerland (Reino Unido, 2016) | 5'14''
  3. Whatever the Weather, de Remo Scherrer (Suíça, 2016) | 11'20''
  4. Trial & Error, de Antje Heyn (Alemanha, 2017) | 5'27''
  5. KNOCKSTRIKE, de Genis Rigol, Pau Anglada e Marc Torices (Espanha, 2017) | 5'25''
  6. Beti bezperako koplak, de Ageda Kopla Taldea (Espanha, 2016) | 6'



INTERNACIONAL 07  | 62’

  1. Kutxa Beltza, de Izibene Onederra e Isabel Herguera (Espanha, Itália e Índia, 2017) | 6'46''
  2. Happy End, de Jan Saska (Repíublica Tcheca, 2015) | 5'42''
  3. Au Pair, de Tatu Pohjavirta e Mark Ståhle (Finlândia, 2016) | 12'28''
  4. Whiteland, de Ira Elshansky (Rússia, 2018) | 6'42''
  5. Animal Year, de zhongsu (China, 2016) | 7'
  6. La Tierra en mis manos - Sin Agua, de Nicolas Conte (Argentina, 2016) | 4'22''
  7. Beyond the Town, de Thomas Lagana (França, 2017) | 5'
  8. Life Cycles, de Ross Hogg (Reino Unido, 2016) | 4'17''
  9. Un día en el parque, de Diego Porral (Espanha, 2017) | 3'
  10. Juliette, de Lora D'Addazio (Bélgica, 2016) | 6'37''



INTERNACIONAL 08  | 60’

  1. Plein été, de Josselin Facon (França, 2016) | 5'48''
  2. Sunscapades, de Ben Mitchell (Reino Unido, 2018) | 5'14''
  3. Entre tes Mains, de Delphine Delannoy, Lisa Baillon, Tsu-Ning Lai, Atiyyah Lallmahomed, Gwenaël Renaud, Daphné Westelynck (França, 2017) | 7'50''
  4. Aigin, de Jouni West (Finlândia, 2014) | 10'
  5. Jungle Taxi, de Hakhyun KIM (Japão, 2016) | 7'44''
  6. Stockholm, de Jean-Baptiste Aziere, Victor Chavanne, Thomas Némery, Morgane Perrin, de Camille Roubinowitz (França, 2017) | 6'25''
  7. The Cloud and the Whale, de Alyona Tomilova (Rússia, 2016) | 3'31''
  8. Boull, de Elizaveta e Polina Manokhina (Rússia, 2016) | 3'33''
  9. Simbiosis carnal, de Rocío Álvarez (Bélgica, 2017) | 10'´



INTERNACIONAL 09  | 60’

  1. Light Sight, de Seyed M. Tabatabaei (Irã, 2016) | 7'34''
  2. Perfect Conjugal Bliss, de Zhongsu (China, 2014) | 5'26''
  3. Red Apple, de Ana Horvat (Croácia, 2018) | 8'
  4. Too Late for Tears, de Pablo Polledri (Argentina, 2008) | 4'34''
  5. I made you, I kill you, de Alexandru Petru Badelita (Romênia e França, 2016) | 14'
  6. Les Enfants de Neptus, de Raoul Dhellemmes (França, 2017) | 5'20''
  7. Twin Islands, de Manon Sailly, Charlotte Sarfati, Christine Jaudoin, Lara Cochetel, Raphaël Huot, Fanny Teisson (França, 2017) | 7'19''
  8. Pussy, de Renata Gasiorowska (Plônia, 2016) | 8'22''



INTERNACIONAL 10  | 63’

  1. Impossible figures and other stories II, de Marta Pajek (Poplônia, 2016) | 15'
  2. Koyaa - Naughty Toy Car, de Kolja Saksida (Eslovênia, 2016) | 2'45''
  3. Mental Black Hole, de Wan Chen Lin (Zoey) (Estados Unidos, 2016) | 5'30''
  4. Rising Waters In Underwood Springs!, de Mathieu Auvray (França, 2017) | 26'31''
  5. Surprise, de Tariq Rimawi (Jordânia, 2017) | 5'15''
  6. Seed_kokolia, de Jan Kokolia (República Tcheca, 2016) | 3'48''
  7. Aeon, de Ryotaro Miyajima (Japão, 2017) | 3'48''



INTERNACIONAL 11  | 70’

  1. Mercurio, de Michele Bernardi (Itália, 2018) | 10'
  2. Foreign Body, de Magnuska (Polônia, 2016) | 7'
  3. Lillandril, de Margaux Tamic (França, 2017) | 9'42''
  4. Empty Fort Strategy, de Zhongsu (China, 2013) |4'14''
  5. Reruns, de Rosto (França, 2018) | 14'23''
  6. Vivat musketeers!, de Anton Dyakov (Rússia, 2017) | 5'30''
  7. The Curiosity Show, de Quentin Simon (França, 2017) | 4'41''
  8. MVP, de Artur Marcol (Polônia, 2018) | 3'50''
  9. Magic Dream, de Tomas Wells (Chile, 2018) 11´



INTERNACIONAL 12 | 61’

  1. In Other Words, de Tal Kantor (Israel, 2015) | 5'55''
  2. The Magic Button, de Miroslava Arnaudova (Bulgária, 2016) | 23'37''
  3. KL, de William Henne e Yann Bonnin (Bélgica, 2017) | 3'47''
  4. Le Bal des princesses, de Nicolas Bianco-Levrin (França, 2018) | 2'43''
  5. Hooked, de Lucil Lepeuple, Margot Cardinael, Zoé Caudron, Benjamin Bouchard, Camille Gras, Marine Boudry (França, 2017) | 8'
  6. Pantin, de Timothée Crabbé (Bélgica, 2018) | 6'
  7. Farewell, de Leon Vidmar (Eslovênia, 2015) | 6'
  8. Zdarzenie plastyczne, de Tymon Albrzykowski (Polônia, 2016) | 5'11''



INTERNACIONAL 13 | 63’

  1. Mon homme (poulpe), de Stéphanie Cadoret (França, 2016) | 8'49''
  2. My Father´s Room, de Jang Nari (Coreia do Sul, 2016) | 8'16''
  3. Cthupid, de Giovanni Braggio (Portugal, 2016) | 1'24''
  4. Big Booom, de Marat Narimanov (Rússia, 2016) | 4'12''
  5. Spirit Mountain, de Kirsten Carina Geißer, Ines Christine Geißer (Alemanha, 2016) | 1'
  6. Après la mort, après la vie, de Adolpho Avril e Olivier Deprez (Bélgica, 2016) | 15'29''
  7. Snowsaurus, de Anna Kuzina (Rússia, 2018) | 1'39''
  8. Koyaa - Wild Sunbed, de Kolja Saksida (Eslovênia, 2016) | 2'45''
  9. Jenteloven/The Lonely Catwalk, de Martine Grande (Noruega, 2016) | 10'
  10. Patrioska, de Tiago Araújo (Portugal, 2016) | 9'



MINEIRA 1

  1. Metamorfose, de Jane Carmen Oliveira (Belo Horizonte, 2017) | 5’22’’
  2. Suspeito, de Max Henrique (Belo Horizonte, 2016) | 1’
  3. O Suicídio, de David Lucas (Belo Horizonte, 2017) | 1’51’’
  4. Midnight Snack, de Tatiana Kawanishi (Belo Horizonte, 2017) | 5’50’’
  5. A Alquimista, de Taís Val (Belo Horizonte, 2017) | 4’26’’
  6. Equilíbrio, de Artur Costa (Belo Horizonte, 2011) | 1’33’’
  7. O Olho do Sapo, de Cybelle Mendes (Belo Horizonte, 2018) | 11’38’’
  8. My Messy Mind, de Ramon Faria (Estados Unidos, 2018) | 6’
  9. O Projeto, de Anderson Ribeiro de Castro (Belo Horizonte, 2011) | 1’46’’
  10. Uma noite qualquer, de Luciano Irrthum (Belo Horizonte, 2018) | 3’33’’



MINEIRA 2

  1. C(R)U1, de Jessica Hissa (Nova Lima, 2017) | 1’05’’
  2. Modern Pets Fighting, de Guilherme Teresani (Belo Horizonte, 2018) | 1’30’’
  3. Habitat, de Max Henrique (Belo Horizonte, 2017) | 1’
  4. Mar Salgadinho, de Caroline Veirano (Belo Horizonte/São Paulo, 2017) | 2’46’’
  5. Desencontro, de Jackson Abacatu (Belo Horizonte, 2018) | 3’
  6. ZOO, de Fernando Martins (Uberaba, 2016) | 36’’
  7. Coceirinha na mão, de Luciano Irrthum (Belo Horizonte, 2017) | 5’33’’
  8. Pedro e o Velho Chico, de Renato Gaia (Belo Horizonte, 2017) | 18’
  9. Cor, de J.J. Ribeiro (Teófilo Otoni, 2018) | 1’16’’
  10. NINO: Viagem ao Conhecimento, de Ronaldo Zenóbio (Belo Horizonte, 2018) | 5’



MINEIRA 3

  1. C(R)U2, de Jessica Hissa (Nova Lima, 2017) | 1’05’’
  2. Por um Som Orgânico, de Fábio Purper (Goiânia/Uberlândia, 2017) | 3’51’’
  3. Espaços de Amnésia, de Manu Lima (Belo Horizonte, 2017) | 1’
  4. Fucking Skie, de Guilherme Teresani (Belo Horizonte, 2018) | 5’36’’
  5. O Trapezista, de Anderson Ribeiro de Castro (Belo Horioznte, 2018) | 2’52’’
  6. Contrastes - Impressões de Israel, de Jackson Abacatu (Belo Horizonte, 2018) | 10’
  7. Bad Trip Television, de Fernando Martins (Belo Horizonte, 2017) | 1’42’’
  8. SERF, de Ramon Faria (Estados Unidos, 2018) | 4’31’’
  9. Sirlei – Rabiscos, de Wanderson Brandão e Renato Faria (Divinópolis, 2010) | 14’16’’



NACIONAL 1 | 40’


    1. Almas, de Marcos Faria (SP, 2018) | 3’35’’
    2. Business Meeting, de Guy Charnaux (RJ, 2018) | 1’45’’
    3. Dando Asas à Imaginação, de Arthur Felipe Fiel e João Marcos Nascimento (RJ, 2017) | 13’19’’
    4. Ratolactasia, de Estúdio Escola de Animação (RJ, 2017) | 3’
    5. Escamas da Noite, de Bruna Santana (SP, 2018) | 1’32’’
    6. MÃE, de Gordeeff (Brasil/ Portugal, 2018) | 2’45’’
    7. Destino, de Moisés Pantolfi (SP, 2017) | 1’08’’
    8. Eu o declaro meu inimigo, de Marcos Buccini e Tiago Delácio (PE, 2018) | 2’15’’
    9. Demo, de Mauro Junior (SP, 2017) | 1’12’’
    10. Criações, de Dustan Oeven (GO, 2017) | 2’15’’
    11. Travessia, de Vinícius Marques (PE, 2017) | 1’10’’
    12. Aconteceu naquela manhã, de Arnaldo Galvão (SP, 2018) | 5’



      NACIONAL 2 | 55’


        1. Césio, o Camaleão, de Estúdio Escola de Animação (RJ, 2016) | 3’48’’
        2. A Guerra do Brasil, de Alessandro Alvim (RJ, 2017) | 14’
        3. Milagre dos Peixes, de Claudio Y. H. (SP, 2017) | 4’07’’
        4. Chá das 5, de Estúdio Escola de Animação (RJ, 2016) | 3’3’’
        5. Mempsicose, de Italo Rocha e Marcelo Zuza (AC, 2017) | 2’28’’
        6. Respiro Compartido, de ONZE (Gabriela Monnerat e Rodrigo Amim) (RJ, 2017) | 35’’
        7. Golinho, de ONZE (Gabriela Monnerat e Rodrigo Amim) (RJ, 2018) | 55’’
        8. Ataque Blues, de André Dias (CE, 2015) | 4’5’’
        9. Aviãozinho, de Antonio Jr. (CE/RJ, 2016) | 5’44’’
        10. Corpos em Ciclo, de Nilton Soares (SP, 2018) | 1’49’’
        11. Tailor, de Calí dos Anjos (RJ, 2017) | 10’
        12. 8 Patas, de Fabrício Eduardo Rabachim (SP, 2017) | 2’25’’



          NACIONAL 3 | 50’


          1. Torre, de Nádia Mangolini (SP, 2017) | 18’
          2. Momento Psicodélico Nº 13, de Breech Delivery e Daniel Bruson (SP, 2017) | 1’40’’
          3. Fragmento, de Paulinha Spinelli (DF, 2018) | 8’30’’
          4. Trevas à Parte, de Estúdio Escola de Animação (RJ, 2017) | 4’54’’
          5. Vegana, de Estúdio Escola de Animação (RJ, 2016) | 3’23’’
          6. Me, by J-Money, de Daniel Bruson (SP, 2017) | 1’
          7. Aquele 31 de Março, de Daniel Mata Roque (RJ, 2016) | 3’30’’
          8. O Poeta das Coisas Horríveis, de Guy Charnaux (RJ, 2017) | 5’20’’



          NACIONAL 4 | 60’

          1. The Boy who wanted to be a Lion, de Alois Di Leo (ING/SP, 2010) | 10’
          2. Os Segredos do Rio Grande, de Analúcia Godoi (ES, 2017) | 5’41’’
          3. Sobre a Gente, de Alunos do Projeto Animação/ Núcleo Animazul (ES, 2017) |7’47’’
          4. Almofada de Penas, de Joseph Specker Nys (SC, 2018) |12’17’’
          5. Bolha, de Estúdio Escola de Animação (RJ, 2017) | 3’48’’
          6. Drama de um cotidiano real, de Marco T. Alves (SP, 2011) | 6’12’’
          7. @Disexta, de André Catoto (SP, 2018) | 12’



          NACIONAL 5 | 57’

          1. Guaxuma, de Nara Normande (PE, 2018) | 14’15’’
          2. O Malabarista, de Iuri Moreno (GO, 2018) | 10’55’’
          3. Amsterdam, 2016, de Fernanda Resende Serradourada (SP, 2017) | 5’
          4. Onde Está?, de Michael Smith e William Ribeiro (RJ, 2017) | 2’18’’
          5. Deriva Amorfológica: Bacia de Cubatão, de Rodrigo Faustini (SP, 2018) | 3’
          6. Outro Mar, de Larissa Lisboa (AL, 2017) |34’’
          7. Sopa de Tomate, de Nilton Soares (SP, 2017) | 1’41’’
          8. All%off – Liquidação, de Dustan Oeven (GO, 2018) | 1’12’’
          9. Aquário, de Alice Andreoli (SP, 2018) | 2’10’’
          10. Taxidermia, de Estúdio Escola de Animação (RJ, 2017) | 3’33’’
          11. O Evangelho Segundo Tauba e Primal, de Márcia Deretti & Márcio Júnior (GO, 2018) | 11’25’’



          NACIONAL 6 | 45’

          1. Acolá, de Renato Lepsch (RJ, 2017) | 8’42’’
          2. Scape Scape, de Bruno Monteiro (SP, 2017) | 5’55’
          3. A Maçã de Kafka, de Moisés Pantolfi (SP, 2017) | 1’
          4. A Fome, de Renato Cirino (GO, 2017) | 2’
          5. The GodRocker, de Kathy Oliveira (SC, 2017) | 5’32’’
          6. Macaco Albino: Pimenta, de Beto Uechi (SP, 2017) | 4’50’’
          7. Morte E Vida Uterina , de Daniel Bruson (SP, 2017) | 3’44’’
          8. O fim da fila, de William Côgo (RJ, 2016) | 2’47’’
          9. O consertador de Coisas Miúdas, de Marcos Buccini (PE/SP, 2017) | 10’35’’



          NACIONAL 7 | 46’
          (Classificação Livre)

          1. A Natureza Agradece, de Ana Maria Cordeiro (GO, 2018) | 14’14’’
          2. Sonhos da Isah, de João Ricardo Costa (SC, 2017) | 5’
          3. Uma nova Chance, de Barbra Meira (RJ, 2017) | 2’41’’
          4. Acredite em mim, de Carlos José Marcato (SP, 2018) | 6’30’’
          5. Saturn Voyager, de Iuri Araújo e Guilherme Araújo (GO, 2017) | 7’
          6. Fazenda Rosa, de Chia Beloto (PE, 2017) | 8’25’’
          7. Starlit Adventures - Delivery Time, de Christian Lykawka (RS, 2018) | 1’50’’



          MOSTRA ESPECIAL ESPM
          Curta 3D: Design e Animação na Escola Superior de Propaganda e Marketing de São Paulo | 28’

          1. Folego, de Jane Choi, Juliana Alves, Gustavo Tsujino, Mariana Oliveira e Yumi da Cruz (2018/1) | 2’28’’
          2. Glitch, de Izaac Ogata, Bernardo Brasil, Caio Keneucke e Gustavo Virgilio (2017/1) | 4’08’’
          3. Dalia, de Catarina PIgnato, Mona Sung, Nathalia Uchyama, Stephanie Shu e Vitoria Bezerra (2015/1) | 2’19’’
          4. Só, de Carlos Hakim, Gabriela Osilio, Pedro Casagrande, Julia Krauss Stabel e Vitor Tourais (2016/1) | 3’21’’
          5. Noite de Halloween, de André Tamiazzo, Bruna Buarque, Camile Gimenez, Michele D’Andrea e Leticia Motoll (2014/1) | 2’45’’
          6. Güle, de Lucas Cobucci, Thaiane Gomes, Cynthia Rosa e Jeff Avelino (2017/1) | 3’31’’
          7. Histórias de bar, de Amanda Albaricci, Beatriz Mendes, Isabela Lemos, Jade Longo e Rafaela Moura (2017/1) | 2’42’’
          8. Lapse, de Amanda Santana, Giovanna Cia , Kelly Seo, Leticia Monterio, Monika Morimoto e Victoria de Lucca (2016/2) | 2’31’’
          9. Visita, de Ana Carolina Lisboa, Bruna Matias, Bruno Honma, João Mendes e Victor Tobita (2016/2) | 3’15’’
          10. Pirilampo, de Gabriela Pessoa, Giovanna Veronezi, Manuela Halluli, Maria Eduardo de Luca e Rafaella di Bella (2016/1) | 2’56’’



          OFICINAS

          confira local e conteúdo aqui

          Oficina de Animação de sombras 
          04 a 07 de dezembro – Wilson Lanzaretti -SP

          Oficina de Animação Rotoscopia
          de 07 a 10 de dezembro – Marcos Buccini – PE

          Oficina de Animação com carimbos

          de 04 a 07 de dezembro – Erica Maradona - RS

          Oficina de Animação em Parede
          de 04 a 07 de dezembro – Adriane Puresa – MG




          Lançamento de LIVROS

          08 de dezembro no Sesc Palladium

          A História de animação de Pernambuco
          de Marcos Buccini

          Diversidade na Animação Brasileira
          de Sávio Leite (org.)

          A Arte do Brejo
          de Claudia Jussan

          quarta-feira, 5 de setembro de 2018

          COMPETITIVAS BRASILEIRA 16 MUMIA













          NACIONAL

          1. Almas, de Marcos Faria (SP, 2018) | 3’35’’
          2. Business Meeting, de Guy Charnaux (RJ, 2018) | 1’45’’
          3. Dando Asas à Imaginação, de Arthur Felipe Fiel e João Marcos Nascimento (RJ, 2017) | 13’19’’
          4. Ratolactasia, de Estúdio Escola de Animação (RJ, 2017) | 3’
          5. Escamas da Noite, de Bruna Santana (SP, 2018) | 1’32’’
          6. MÃE, de Gordeeff (Brasil/ Portugal, 2018) | 2’45’’
          7. Destino, de Moisés Pantolfi (SP, 2017) | 1’08’’
          8. Eu o declaro meu inimigo, de Marcos Buccini e Tiago Delácio (PE, 2018) | 2’15’’
          9. Demo, de Mauro Junior (SP, 2017) | 1’12’’
          10. Criações, de Dustan Oeven (GO, 2017) | 2’15’’
          11. Travessia, de Vinícius Marques (PE, 2017) | 1’10’’
          12. Aconteceu naquela manhã, de Arnaldo Galvão (SP, 2018) | 5’

           

          NACIONAL 2

          1. Césio, o Camaleão, de Estúdio Escola de Animação (RJ, 2016) | 3’48’’
          2. A Guerra do Brasil, de Alessandro Alvim (RJ, 2017) | 14’
          3. Milagre dos Peixes, de Claudio Y. H. (SP, 2017) | 4’07’’
          4. Chá das 5, de Estúdio Escola de Animação (RJ, 2016) | 3’3’’
          5. Mempsicose, de Italo Rocha e Marcelo Zuza (AC, 2017) | 2’28’’
          6. Respiro Compartido, de ONZE (Gabriela Monnerat e Rodrigo Amim) (RJ, 2017) | 35’’
          7. Golinho, de ONZE (Gabriela Monnerat e Rodrigo Amim) (RJ, 2018) | 55’’
          8. Ataque Blues, de André Dias (CE, 2015) | 4’5’’
          9. Aviãozinho, de Antonio Jr. (CE/RJ, 2016) | 5’44’’
          10. Corpos em Ciclo, de Nilton Soares (SP, 2018) | 1’49’’
          11. Tailor, de Calí dos Anjos (RJ, 2017) | 10’
          12. 8 Patas, de Fabrício Eduardo Rabachim (SP, 2017) | 2’25’’

           

          NACIONAL 3

          1. Torre, de Nádia Mangolini (SP, 2017) | 18’
          2. Momento Psicodélico Nº 13, de Breech Delivery e Daniel Bruson (SP, 2017) | 1’40’’
          3. Fragmento, de Paulinha Spinelli (DF, 2018) | 8’30’’
          4. Trevas à Parte, de Estúdio Escola de Animação (RJ, 2017) | 4’54’’
          5. Vegana, de Estúdio Escola de Animação (RJ, 2016) | 3’23’’
          6. Me, by J-Money, de Daniel Bruson (SP, 2017) | 1’
          7. Aquele 31 de Março, de Daniel Mata Roque (RJ, 2016) | 3’30’’
          8. O Poeta das Coisas Horríveis, de Guy Charnaux (RJ, 2017) | 5’20’’

           

          NACIONAL 4

          1. The Boy who wanted to be a Lion, de Alois Di Leo (ING/SP, 2010) | 10’
          2. Os Segredos do Rio Grande, de Analúcia Godoi (ES, 2017) | 5’41’’
          3. Sobre a Gente, de Alunos do Projeto Animação/ Núcleo Animazul (ES, 2017) |7’47’’
          4. Almofada de Penas, de Joseph Specker Nys (SC, 2018) |12’17’’
          5. Bolha, de Estúdio Escola de Animação (RJ, 2017) | 3’48’’
          6. Drama de um cotidiano real, de Marco T. Alves (SP, 2011) | 6’12’’
          7. @Disexta, de André Catoto (SP, 2018) | 12’

           

          NACIONAL 5

          1. Guaxuma, de Nara Normande (PE, 2018) | 14’15’’
          2. O Malabarista, de Iuri Moreno (GO, 2018) | 10’55’’
          3. Amsterdam, 2016, de Fernanda Resende Serradourada (SP, 2017) | 5’
          4. Onde Está?, de Michael Smith e William Ribeiro (RJ, 2017) | 2’18’’
          5. Deriva Amorfológica: Bacia de Cubatão, de Rodrigo Faustini (SP, 2018) | 3’
          6. Outro Mar, de Larissa Lisboa (AL, 2017) |34’’
          7. Sopa de Tomate, de Nilton Soares (SP, 2017) | 1’41’’
          8. All%off – Liquidação, de Dustan Oeven (GO, 2018) | 1’12’’
          9. Aquário, de Alice Andreoli (SP, 2018) | 2’10’’
          10. Taxidermia, de Estúdio Escola de Animação (RJ, 2017) | 3’33’’
          11. O Evangelho Segundo Tauba e Primal, de Márcia Deretti & Márcio Júnior (GO, 2018) | 11’25’’

          quarta-feira, 8 de agosto de 2018

          COMPETITIVAS MINEIRA 16 MUMIA

          MINEIRA 1

          Metamorfose 
          de Jane Carmen Oliveira
          Belo Horizonte, 2017
          5’22’’




          O Suicídio
          de David Lucas
          Belo Horizonte, 2017
          1’51’’



          O Olho do Sapo 
          de Cybelle Mendes 
          Belo Horizonte, 2018
          11’38’’
           

           


          O Projeto
          de Anderson Ribeiro de Castro
          Belo Horizonte, 2011
          1’46’’ 








          Equilíbrio, de Artur Costa . Belo Horizonte, 2011 | 1’33’’
           
          Midnight Snack de Tatiana Kawanishi . Belo Horizonte, 2017 | 5’50’’
           
          Uma noite qualquer, de Luciano Irrthum . Belo Horizonte, 2018 | 3’33’
           
          A Alquimista, de Taís Val Belo Horizonte, 2017 | 4’26’’

          My Messy Mind de Ramon Faria . Estados Unidos, 2018 | 6’

          Suspeito de Max Henrique . Belo Horizonte, 2016 | 1’

           

           

          MINEIRA 2

          C(R)U1
          de Jessica Hissa
          Nova Lima, 2017
          1’05’’

          Desencontro
          de Jackson Abacatu
          Belo Horizonte, 2018
          3’
          ZOO
          de Fernando Martins
          Uberaba, 2016)
          36’’

          Pedro e o Velho Chico
          de Renato Gaia
          Belo Horizonte, 2017
          18’
          Cor
           de J.J. Ribeiro
          Teófilo Otoni, 2018
          1’16’’














           
          Modern Pets Fighting, de Guilherme Teresani (Belo Horizonte, 2018) 1’30’’

          Habitat, de Max Henrique (Belo Horizonte, 2017) 1’

          Mar Salgadinho, de Caroline Veirano (Belo Horizonte/São Paulo, 2017)2’46’’

          Coceirinha na mão, de Luciano Irrthum (Belo Horizonte, 2017) 5’33’’

          NINO: Viagem ao Conhecimento, de Ronaldo Zenóbio (Belo Horizonte, 2018)5’

           

           

           

          Mineira 3

          C(R)U2
           de Jessica Hissa
          Nova Lima, 2017
          1’05’’


          O Trapezista
          de Anderson Ribeiro de Castro
          Belo Horioznte, 2018
          2’52’’

          Bad Trip Television
          de Fernando Martins
          Belo Horizonte, 2017
          1’42’’
          SERF
          de Ramon Faria
          Estados Unidos, 2018
          4’31’’











          Por um Som Orgânico, de Fábio Purper (Goiânia/Uberlândia, 2017) | 3’51’’

          Espaços de Amnésia, de Manu Lima (Belo Horizonte, 2017) | 1’
           
          Fucking Skie, de Guilherme Teresani (Belo Horizonte, 2018) | 5’36’’
           
          Contrastes - Impressões de Israel, de Jackson Abacatu (Belo Horizonte, 2018) | 10’
           
          Sirlei – Rabiscos, de Wanderson Brandão e Renato Faria (Divinópolis, 2010) | 14’16’’

          sexta-feira, 6 de julho de 2018

          Centro Cultural UFMG exibe filmes de mostra de animação nas férias de julho















          O CineCentro exibirá, entre os dias 06 e 19 de julho, às 19 horas, uma seleção dos melhores filmes premiados na 15ª edição da “Mostra Udigrudi Mundial  de Animação - MUMIA” com entrada franca. Na programação serão apresentados 25 curtas metragens de animação.

          Os filmes irão abordar estilos e técnicas variadas com produções mineiras, nacionais e de países como Alemanha, Bélgica e Letônia. A intenção é convidar o público a conhecer e se surpreender com a produção do cinema de animação contemporâneo.

          Realizada desde 2003, em Belo Horizonte, a Mostra Udigrudi Mundial de Animação é reconhecida como um evento consolidado entre os festivais de cinema e vídeo no Brasil e integra o calendário turístico da cidade. Anualmente a mostra exibe mais de 200 filmes vindos dos cinco continentes. Países como Chile, Colômbia, Equador, Estados Unidos, Finlândia, Armênia e Portugal já receberam mostras especiais de filmes brasileiros através de parcerias com a MUMIA. A mostra lançou em 2013 o livro “Subversivos – O desenvolvimento do cinema de animação em Minas Gerais” e em 2015 o livro “Maldita Animação Brasileira”. Em 2017 lançou a coletânea “MUMIA de Animações Mineiras” em comemoração ao centenário da animação brasileira.

          PROGRAMA 1 – 06/07 e 19/07/18
          Nimbus, o caçador de nuvens  Marco Nick 16’45” Belo Horizonte 2016
          A Doida - Svetlana Filippova - 2'45" - Belo Horizonte -  2017
          A Primeira Flauta Simon Brethé e Ricardo Poeira – 3’47” Belo Horizonte 2017
          As Aventuras do Chauá Alunos da Escola Municipal Santo Antônio do Norte/ Projeto Animação – 4’ - Aimorés
          Quando os dias eram eternos -  Marcus Vinícius Vasconcelos - 12'50'' – São Paulo – 2016
          Caminho dos Gigantes - Alois Di Leo – 12’ -  São Paulo – 2016

          PROGRAMA 2 – 10/07/18
           Tango - Francisco Gusso e Pedro Giongo  = 12´30” - Curitiba, 2016
          Animais - Guilherme Alvernaz - 12’40” - São Paulo
          Child - Iring Freytag, Viktor Stickel e Linus Stetter – 9’12” – Alemanha - 2016
          Millie Israel Dilean 5” 11” Belo Horizonte 2016
          Oceano - Renato Duque -  15’40” - São Paulo/SP – 2016

          PROGRAMA 3 – 12/07/18
          Lucky - Kirsten Carina Geißer e Ines Christine Geißer – 11’ – Alemanha - 2015
          Sayounara - Débora Mini – 4’40” - Belo Horizonte2016
          Fonte da Tristeza Samira Daher 4’20”Belo Horizonte 2017
          O projeto do meu pai – Rosária – 5´40”
          Aaaaaaaaahhhhhhhhhhhhhh- Ramon Coelho Braga – 2´- 2016
          Cheiro de pitanga Jackson Abacatu 2’35” Belo Horizonte 2017
          Marcellas Marcella Furtado / Regina Resende Barroso / Silvano José de Faria Júnior / Tomás Gobbo Lopes 2’31” Belo Horizonte 2014
          O Mal -Carlon Hardt – 2´11” – Curitiba - 2016

          PROGRAMA 4 – 17/07/18
          Homus Erectus- Rodrigo Burdman – 2´15” – 2009
          A fuga – Douglas Alves Ferreira -10´- 2015
          O violeiro fantasma – Wesley de Oliveira – 6´50” – 2017
          O sino de Montebelo – Fernando Ferreira Garroz – 4´44” – 2016
          Diário de Areia - Isadora Morales Chavez 6’ 26” Belo Horizonte 2017
          O conto do burro amarelo Daiana Mendes 30’ Contagem 2017

          quinta-feira, 1 de março de 2018

          16 MUMIA - Inscrições abertas









          arte: Marcos Batista

          REGULAMENTO 16º MUMIA – MOSTRA UDIGRUDI MUNDIAL DE ANIMAÇAO

          CAPÍTULO I: DA FINALIDADE
          O MUMIA - Mostra Udigrudi Mundial de Animação tem a finalidade de incentivar novas produções audiovisuais de curtas-metragens em animação, por sua inovação e criatividade.


          CAPÍTULO II: DA INSCRIÇÃO
          2.1 – A Mostra está aberta às produções nacionais e internacionais, para filmes de animação, finalizados a partir de 2008. Cada participante poderá inscrever com quantos títulos quiser, inscritos individualmente. Serão também bem aceitos vídeos realizados em outros mundos diferentes.

          2.2 – As inscrições ficam abertas do dia 01 de Março de 2018 a 31 de Maio de 2018. Para realizá-la é necessário:
          Preencher o formulário: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSceHoDKrg0-2bLuNSIZMFmxCEw5bmU19vjDAWwkQ9bpK1_Ivg/viewform

          Enviar o arquivo do filme, impreterivelmente no formato H264, para o e-mail mumiabh16@gmail.com por meio de Wetransfer (www.wetransfer.com) OU enviar um DVD com o arquivo para o endereço: 15º MUMIA – Rua da Bahia, 1148, sala 1714, Centro, Belo Horizonte – MG, CEP 30190-906, Brasil
          Arquivo Digital nos formatos (Mov ou MP4, com codec H264, exportado com até no máximo 40 mbps e áudio codec AAC ou DTS observando o teto de 192 kHz / 24-bit.
          Caso o arquivo não venha nas especificações acima pode ser cortado da programação.
          É necessário também o envio de material de divulgação (fotos do filme) para o e-mail mumiabh16@gmail.com, com a identificação do filme.
          No caso de produções estrangeiras, é essencial o envio de lista de diálogo.

          CAPÍTULO III: DA SELEÇÃO
          3.1 - Não haverá seleção de Filmes e Vídeos inscritos na mostra. Mas existem fatores de desclassificação.

          3.2 – Serão desclassificados aqueles que:
          Conforme a opinião dos diretores da mostra, não se encaixem no gênero animação.
          Enviarem arquivo em formato diferente do especificado acima
          No caso de produções estrangeiras, não enviarem a lista de diálogo.




          3.3 – Os selecionados e a programação estarão disponíveis a partir de setembro de 2018 em: http://www.mostramumia.blogspot.com

          CAPÍTULO IV: DISPOSIÇÕES GERAIS
          4.1 - Todas as cópias enviadas ao MUMIA - Mostra Udigrudi Mundial de Animação, passarão a fazer parte do acervo da Mostra podendo ser utilizadas somente para fins culturais em outras Mostras, tanto no Brasil quanto no exterior, e em programas de televisão sem objetivos comerciais, desde que autorizado pelos seus realizadores.

          4.2 - A organização da MUMIA reserva para si o direito de utilizar cenas (até 30") de filmes inscritos na mostra em programas ou produtos que visem promovê-la.

          4.3 - A organização do MUMIA - Mostra Udigrudi Mundial de Animação poderá utilizar imagens, fotos e material gráfico dos vídeos, para divulgação dos mesmos em todas as mídias.

          4.4- Todas as animações brasileiras participaram da mostra de extensão do 16º MUMIA nas cidades de Teófilo Otoni e Divinópolis em Minas Gerais em março 2019.

          4.5 - As inscrições não serão confirmadas.

          4.6 – Não serão aceitas correspondências a cobrar em hipótese alguma. Os realizadores devem arcar com todo custo de envio.

          4.7 - O preenchimento da Ficha de Inscrição no Google Docs vinculado ao blog da mostra no ato da inscrição certifica o participante à aceitação deste regulamento.

          4.8 - Os casos omissos serão solucionados pela comissão organizadora da Mostra Udigrudi Mundial de Animação.